quinta-feira, março 24, 2011

Aprendendo a testar profissionalmente com ambiente inovador de gestão de testes!

Se você quer saber como testar aplicações e softwares profissionalmente, com uma solução que realmente ajuda na colaboração entre testers e desenvolvedores, então acesse esses recursos fantásticos sobre o Visual Studio Test Professional 2010 (em inglês):

Vídeos de 'Overview':
- Visão Geral do Visual Studio Test Professional
- Planejamento de Testes com VS Test Pro
- Autoria de casos de testes e execução de testes
- Automação de Testes com o VS 2010
- Monitorando a qualidade com o TFS 2010

Vídeos de 'Mão na Massa':

- Planejar testes, Escrever e executar casos de teste, Automatizar testes e Monitorar qualidade de aplicações

Leituras:

- Guia para Avaliadores do VS Test Professional 2010 (Esse guia mostra passo a passo como instalar o TFS 2010, como instalar o VS Test Professional 2010 e contempla uma série de tutoriais passo a passo para conhecer as principais funcionalidades da solução)
- Hands-on-Labs
- 5 capítulos gratuitos (toda a Parte III sobre testes) do livro Professional ALM with Visual Studio 2010

Downloads:

- Trial do Visual Studio Test Professional 2010
- Trial do Team Foundation Server 2010
- Download da máquina virtual pública com TFS 2010, Visual Studio 2010 Ultimate e VS Test Professional 2010 instalados e configurados

Bons estudos e prepare-se para se impressionar com as facilidades do ambiente de testes do Visual Studio ALM!

quarta-feira, março 23, 2011

Como fazer merges entre branches não relacionados com o TFS 2010

O TFS 2010 é uma solução de Gestão do Ciclo de Vida de Aplicações (ALM - Application Lifecycle Management) completa. Um dos recursos disponíveis é o controle de versões avançado e extremamente poderoso.

O TFS 2010 Source Control permite a criação de branches, inclusive quando necessário com relações e hierarquias pai-filho entre branches. Realizar o merge entre branches relacionados pode ser feito via linha de comando ou diretamente da interface gráfica do Team Explorer.

No exemplo abaixo podemos ver uma hierarquia de branches:
Se pedirmos para realizar um merge a partir do branch HotFix ele abrirá a seguinte janela de wizard:

Notem que não aparece a opção para realizar um merge de HotFix para Dev ou HotFix para Prod. Apenas de HotFix para QA. Isso acontece porque HotFix só está relacionado com o branch QA.

Para fazer um merge entre branches não relacionados, o TFS 2010 dá a opção de realizar um baseless merge. O baseless merge deve inicialmente ser feito via linha de comando (no TFS 2010, mas via interface gráfica já é um pedido de usuários do produto e provavelmente aparecerá em novas versões do Team Foundation Server). O comando para fazer o merge entre HotFix e Dev, sem passar pelo branch QA, seria o seguinte:

tf merge /baseless Hotfix Dev /recursive

Após a realização de um baseless merge, via linha de comando, a interface do Team Explorer já mostra o merge realizado através de uma linha pontilhada ligando os branches não relacionados. E outra vantagem é que nos próximos merges entre esses branches já é possível usar a própria interface gráfica!



Do ponto de vista teórico não é recomendado fazer merges entre branches não relacionados, mas é possível com o TFS 2010! Para mais dicas de estratégias de branching recomendo o Visual Studio TFS Branching Guide 2010.

quarta-feira, março 09, 2011

Novidades do Visual Studio 2010 e TFS 2010 para o carnaval!

Essa semana temos quatro grandes novidades e anúncios na linha de produtos do Visual Studio e ALM da Microsoft.

1 - Service Pack 1 do Visual Studio 2010 - O SP1 do VS 2010 também inclui recursos e correções para o Microsoft Test Manager (solução de gestão e execução de testes da Microsoft) e para o Lab Manager (gerenciador de máquinas virtuais para laboratórios de testes e homologação). Acesse a descrição detalhada do VS 2010 SP 1 para conhecer tudo que mudou.

2 - Service Pack 1 do Team FoundationServer 2010 (TFS 2010) - O SP1 do TFS 2010 possui uma série de melhorias e também de correções. Acesse a descrição detalhada do TFS 2010SP 1 para saber o que há de novo.

3 - Novo Feature Pack com a integração entre Project Server e TFS - Esse novo pacote é um grande avanço para empresas que querem eliminar o abismo que muitas vezes separa a gesão do ciclo de vida das aplicações e a gestão de portfólio de projetos. Essa integração torna automática e bidirecional o compartilhamento de informações entre o TFS (solução de ALM) e o MS Project Server (solução de gestão de portfólio de projetos). Para conhecer mais detalhes dessa integração vale a pena ler o blog post de Brian Harry sobre a versão beta do TFS-Project Server Integration.

4 - Usuários virtuais ilimitados para testes de carga com o Visual Studio 2010 - Esse foium anúncio fantástico sobre o produto. Anteriormente o VS 2010 Ultimate tinha um limite de 250 usuários virtuais para testes de carga e era necessário comprar pacotes adicionais de 1.000 em1.000 usuários. Agora esse limite acabou :) ! Quem tiver o Visual Studio 2010 Ultimate com assinatura MSDN pode usar a quantidade de usuários virtuais que desejar! O objetivo da Microsoft é democratizar o acesso a esse recurso essencial para melhorar a qualidade de aplicações que terão uma grande quantidade de acessos. Mais detalhes sobre esse assunto podem ser encontrados no anúncio do blog do time de testes do Visual Studio.


Aproveitem as atualizações e correções dos service packs e os novos recursos para melhorar ainda mais a qualidade de suas aplicações e a visibilidade dos projetos nas organizações!


Veja as Estatísticas