terça-feira, maio 08, 2007

Caso de uso: Dicas para uma modelagem de casos de uso eficaz

Aí vão algumas dicas para a realização da modelagem de casos de uso. Lembrando que a técnica de caso de uso é utilizada extensamente hoje no Brasil para organizar e documentar requisitos de software.

Dicas:

- Lembre-se que o RUP é um processo iterativo. Portanto você não especifica todos os casos de uso no começo de um projeto de forma detalhada. Os casos de uso possuem um ciclo de vida e podem estar em diferentes estágios de maturidade. O ciclo de vida de um caso de uso é: descoberto, brevemente descrito, esboçado, completamente descrito.

- Quando identificar atores foque nos papéis que indivíduos podem realizar no sistema. Não pense somente em cargos ou funções da empresa.

- Para nomear um caso de uso tente usar a forma ativa. Lembre-se sempre de colocar um nome que demonstre os objetivos de negócio e o resultado final do caso de uso. Coloque o nome na forma verbo mais objeto. Exemplo: Saca Dinheiro, Emite Apólice de Seguro.

- Tome extremo cuidado com a decomposição funcional. A técnica de modelagem de casos de uso é diferente de um DFD! Os casos de uso focam nos resultados finais que geram valor para os atores. Não crie casos de uso que se referem apenas a passos granulares.

- Evite usar as seguintes palavras nas especificações de caso de uso: clicar, abrir, botão, pop-up, campo, janela, banco de dados. Essas palavras evocam definição da solução e da interface gráfica e o caso de uso deve ficar livre desses detalhes. Use palavras como: inicia, submete, formulário, informa, escolhe, especifica, seleciona, mostra.

- E a última e mais importante dica: haja o que houver (a não ser que você seja muito experiente com modelagem de casos de uso) evite usar include, extend e generalização de atores e casos de uso logo no início da modelagem de caso de uso. Esses elementos devem ser usados com parcimônia e com muito critério, pois senão podem levar o analista a cometer o pecado da decomposição funcional.

Marcadores: ,

3 Comentários:

At 3:11 PM, Anonymous Anônimo disse...

...bacana prof.! Ajudou a clarear as idéias. :) []´s

 
At 11:26 PM, Anonymous ronaldorezende disse...

E deve-se criar casos de uso para todas funcionalidades do sistema? Até mesmo para cadastros simples de manutenção do sistema?
Caso não seja recomendado para cadastros (inclusão, exclusão, alteração), onde declarar esses requisitos?

 
At 9:55 PM, Blogger deathcon4 disse...

Muito boas suas dicas, quando é feita uma boa análise de requisitos e uma boa gerência de projetos, principalmente na parte de escopo, reduzimos bastante estes problemas, pois ficar dando voltas é terrível.

 

Postar um comentário

Links para este artigo:

Criar um link

<< Home


Veja as Estatísticas